domingo, 26 de março de 2017

A MORTE DO CORPO

A MORTE DO CORPO É A MAIOR 
AFIRMAÇÃO DA VIDA. 
QUEM PRATICA O BEM SEMEANDO 
PAZ E AMOR TERÁ O AMPARO DE DEUS, 
AQUI, AGORA E NAS PARAGENS DO ALÉM.
Autor: Teon Leal



sábado, 25 de março de 2017

Inconfesso Desejo

Queria ter coragem
Para falar deste segredo
Queria poder declarar ao mundo
Este amor
Não me falta vontade
Não me falta desejo
Você é minha vontade
Meu maior desejo
Queria poder gritar
Esta loucura saudável
Que é estar em teus braços
Perdido pelos teus beijos
Sentindo-me louco de desejo
Queria recitar versos
Cantar aos quatros ventos
As palavras que brotam
Você é a inspiração
Minha motivação
Queria falar dos sonhos
Dizer os meus secretos desejos
Que é largar tudo
Para viver com você
Este inconfesso desejo

Carlos D. de Andrade


sexta-feira, 24 de março de 2017

Faça amor comigo...

Ah! .. Este desejo que toca-me
completamente meu intimo no amor
Atiça meu libido nos anseios mais
profundos.
Nessa profana paixão.
Arrepia-me a pele e aflora o amor
pura sintonia da alma e do coração.
Em noites tão nossas ...
Tão ardentes....
E mais do que poesia para meus olhos
sob a luz do luar.
Completamente apaixonada
meio dissimulada.
com sede e calor
Entre uma linha tênue do prazer
e essa impiedosa saudade.
Por mais incrível que pareça
Mesmo nua... Continuo pura e tua
Sinta-me em ti amore mio
Encaixe-se
Faça amor comigo.
Poetisa Sandra Pires
Direitos Preservados 
conforme artigo (Lei 9610/98)


Amantes...

Na hora de te amar.
Quero silêncio absoluto.
O amor excitando meus sentidos .
A poesia na essência imaculada
Plena da tua saudade.
Sentimentos submissos silenciados.
Na hora de te amar.
Quero o roçar em frêmitos
Seduzindo-me
A atmosfera florindo
Sobrepondo a magia de  nos dois
Como amantes das estrelas.
De sorrisos que me diz
O quanto te preciso e te amo.
Porque a noite já se faz presente.
Eu preciso fazer silêncio.
Poetisa Sandra Pires
Direitos Preservados 
conforme artigo (Lei 9610/98)