quarta-feira, 15 de novembro de 2017

MENINO POETA

"Menino Poeta que descreve o amor
que fala de paz e alegria,
que esquece até mesmo sua dor
e transforma tudo em poesia.
Menino Poeta que sabe encantar
que é puro sentimento e docilidade,
que espalha o amor pelo ar
que é carisma e amizade.
Menino Poeta és simplesmente genial
és também um grande escritor,
és uma pessoa muito especial
que descreve com alegria o amor.
Menino Poeta és pura magia
és um ser muito iluminado,
és uma doce melodia
és um menino encantado.
Menino Poeta és uma pessoa fascinante
um anjo de luz e de intensa grandeza,
que Deus seja presença constante
e que nunca sintas tristeza.
Menino Poeta hoje você é nossa estrela maior
és uma verdadeira raridade,
te desejo tudo de bom e de melhor
muita paz, luz, amor e felicidade". 
© COPYRIGHT BY "RECANTO DA POESIA"
Todos os Direitos Reservados
conforme artigo (Lei 9610/98)
Cópias e publicações permitidas, 
desde que acompanhadas 
dos créditos ao autor.




sexta-feira, 10 de novembro de 2017

REAMAR

Nem sei se essa palavra existe
Mas é meio triste
Começar a reamar....
No começo você desiste
Cansada e triste
O mundo persiste 
Em nos fazer reamar
Recomeçar
Resignar
Relevar
Numa flor desabrochar
Que murcha estava a me fitar...
Até que você decide reamar-se
E reamar alguém
E a flor se renova e volta
Para de novo recomeçar.
© COPYRIGHT BY "RECANTO DA POESIA"
Todos os Direitos Reservados
conforme artigo (Lei 9610/98)
Cópias e publicações permitidas, 
desde que acompanhadas 
dos créditos ao autor.


domingo, 5 de novembro de 2017

MARIA CRISTINA

Você sabia?... 
Maria?...
Mal a gente se conhecia, 
eu me lembrei de um poeta
que nos seus versos dizia,
num velho samba canção,
que o seu nome principia
na palma da minha mão?...
Pois é... 
E aí... Criança...
você chegou de mansinho, 
invadiu meu coração,
atropelou o coitado, 
já meio desanimado
de tantas desesperanças.
Invadiu minha retina
com seu olhar inquieto
de menina moça, mulher
que sabe saber o que quer,
um sorrisinho perfeito,
um cheirinho de alecrim
que me pegou de jeito
e tomou conta de mim.
© COPYRIGHT BY "RECANTO DA POESIA"
Todos os Direitos Reservados
conforme artigo (Lei 9610/98)
Cópias e publicações permitidas, 
desde que acompanhadas 
dos créditos ao autor.


DORALICE

Hoje é domingo,
só mais um domingo.
Ainda não sei por que
a gente se separou.
Não houve brigas...
Não houve lágrimas...
Nem ofensas, 
nem rancor.
Será que nos dizemos 
adeus?
Só sei que estou sentindo 
agora
um pouquinho 
de saudade
num cantinho 
do meu coração.
Meu celular vibrando...
-- Alôôô... 
Querida?... É você?...
-- Sim... Meu filho...
Sou eu... 
Sua Dorinha...
Sua picurrucha...
Me leva para passear?... 
Leva?...
Meu lindo?...
Leva?...
Tenho um monte de coisas
pra lhe falar.
Ah!... 
Que linda manhã de domingo.
© COPYRIGHT BY "RECANTO DA POESIA"
Todos os Direitos Reservados
conforme artigo (Lei 9610/98)
Cópias e publicações permitidas, 
desde que acompanhadas 
dos créditos ao autor.