segunda-feira, 8 de setembro de 2014

NO AZUL DO CÉU

Setembro

Nas doces manhãs de setembro 
quero voar nas asas do vento
do pensamento,
subir colinas
molhar as asas no riacho
colher boninas
e tangerinas
me misturar no azul do céu
lá onde as nuvens descansam
e as estrelas dormem de dia

£una