sábado, 21 de fevereiro de 2015

Deixa de bobagem...

Me diz quem nunca tentou esconder um amor, 
quem nunca o negou até o ultimo segundo, quem só se entregou no finalzinho, 
quando já tava perdendo ou muitas vezes quando já tinha perdido, 
quem nunca deixou de aproveitar por medo ou insegurança, 
quem nunca só correu atrás quando já era tarde?
Pô, Deixa de bobagem, e aproveita, aproveita o agora, 
cai mesmo, chora, quebra a cara porque afinal de contas do chão não passa, 
mas lembre-se de não continuar nele, levante, flutue, voe, corra atrás antes do fim, 
arrisque mesmo com 2% de chance de se possível, 
o que a gente pode a gente faz, o impossível deixa com Deus.
Rafael Queiroz