terça-feira, 14 de abril de 2015

Amor distante....

Amor distante,
Você me veio, um presente , sempre te direi isso.
Nas chuvas frequentes e nas noites de luar.
Moço de olhar fascinante, sorriso de canto e fala devagar.

Amor distante,
Imagino teus beijos suaves e delirantes, a dança do teu caminhar.
Teu jeito de abraçar com carinho, de cantar versos pelo caminho
que de mãos dadas iremos passar.

Amor distante,
Eu te peço que esse sentimento que carregas,
não fique só no olhar.
Quero as canções de assovio,
os teus lábios no meu como um rio, no breve chegar.

Amor distante,
Eu preciso ver o teu sorriso,
no teu rosto se formar.
Sentir o teu perfume embrenhado em mim,
depois de me abraçar.

Amor distante,
Eu quero ouvir, os batimentos do teu peito a me encantar.
Como uma duradoura melodia podia fazer moradia no meu Sonhar.

Adriele Falcão