sexta-feira, 31 de julho de 2015

Amor que nasce livre...

Amor que nasce livre, sem necessidade de posse, 
onde o único desejo em comum é a felicidade do outro, 
é um amor puro... que faz casa na alma!
É a sublime ternura de sentir a presença constante de 
um anjo que Deus nos envia para preencher os espaços
 vazios e acalmar o coração.
Permite a sensação de proteger e ser protegido...
Mesmo quando os olhos não se encontram é incrível 
como uma alma percebe a outra.
'Sei que vivo em ti e sabes o quanto de ti vive em mim
e isso nos basta!'

 Ane Gaúcha