quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Para todo o mal...

Para todo o mal, existe a cura. 
Para a tristeza, uma dose de alegria. 
Para a dureza da realidade,
 um sonho realizado. 
Para a expectativa, uma verdade sem ilusão. 
Para a desilusão, a possibilidade de
 um amor novinho em folha...
Porque embora a vida pese de vez em quando,
 há sempre um alívio que nos restitui a esperança.

Erica Gaião