quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Na convivência, o tempo não importa



“Na convivência, o tempo não importa. 
Se for um minuto, uma hora, uma vida. 
O que importa é o que ficou deste minuto, 
desta hora, desta vida.
  Mario Quintana