quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Nossas escolhas não podem ser apenas intuitivas


Nossas escolhas não podem ser apenas intuitivas, 
elas têm que refletir o que a gente é. 
Lógico que se deve reavaliar decisões 
e trocar de caminho: ninguém 
é o mesmo para sempre.
Pedro Bial