quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Até onde posso


“Até onde posso vou deixando o melhor
 de mim... Se alguém não viu, foi porque
 não me sentiu com o coração.” 
 Clarice Lispector