domingo, 30 de outubro de 2016

Para os erros,


Para os erros, há perdão. Para os fracassos,
 chance. Para os amores impossíveis, tempo. 
Não deixe que a saudade sufoque, 
que a rotina acomode, e que o medo impeça
 de tentar.

Luis Fernando Verissimo