sexta-feira, 15 de setembro de 2017

PÁSSARO SOZINHO!

Sinto-me como um pássaro
Que perdeu seu ninho.
Sozinho sem forças para voar.
O vento que sopra me levando
Para lugar nenhum.
Tento criar forças, mais sinto frio.
Da solidão que me mata aos pouco.
Sozinho!
© Direitos reservados
conforme artigo (Lei 9.610/98)