domingo, 17 de setembro de 2017

PRESENÇA AUSENTE

Não sei por onde andas ,
mas te sinto 
nas batidas do meu coração, 
te encontro em sonhos
te vejo em tudo que há
essa presença me tortura, 
seu cheiro espalhado no ar 
sua voz soa em meus ouvidos 
como canção de ninar 
acordo foi só um sonho
do qual eu não queria acordar 
as luzes estão apagadas,
é vazio o meu quarto está 
tenho a lua como testemunha 
do quanto vivo a sonhar
volta meu anjo da noite
volte, é venha para ficar...
© Direitos reservados
conforme artigo (Lei 9610/98)