quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Universo Profundo

É estranho e também fascinante,
Ser capaz de se sonhar acordado.
Ver o mundo com a própria consciência,
Enxergando o que não pode ser notado.
As palavras dançam com o vento,
Girando num enorme turbilhão literário.
Envolvendo-nos nessa sedutora cinesia,
Desse universo profundo e ilimitado.
© Direitos reservados
conforme artigo (Lei 9.610/98)